A maior figueira do Rio Grande do Sul

A maior figueira do Rio Grande do Sul
O IBAMA passou o problema para a FEPAM. Uma pergunta que fica, será que antes da queda de 30% da Figueira da Paz, uma solução será tomada.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

S.O.S - FIGUEIRA DA PAZ

 Arambaré abriga a considerada a maior figueira do Rio Grande do Sul, com 20 metros de altura e tronco com 12 metros de diâmetro. De ponta a ponta, seus galhos têm 50 metros de extensão. Chamada Figueira da Paz, a árvore centenária é símbolo da cidade e importante atração turística. Alguns historiadores apontam que a Figueira tem 400 anos, outros um pouco mais. Numa coisa todos concordam é a maior e mais velha figueira do estado.
 A Figueira da Paz pede socorro.Uma rachadura num dos seus principais galhos está colocando as autoridades numa situação complicada. Podar é a solução que logo aparece, mas com a poda a figueira pode perder o equilíbrio e tombar. A outra solução seria a de colocar cimento nas rachaduras, evitando assim que a umidade apodreça mais o galho.
 A Figueira da Paz pede ajuda! O que podemos fazer, além de respeitar o seu sofrimento, é rezar para que as autoridades consigam resolver da melhor maneira o problema.
 Você assim como eu, que tem um carinho todo especial por Arambaré mande as fotos da nossa figueira, para seus conhecidos.Quem sabe alguém tem alguma solução?

 Mande a sua mensagem para o e-mail arambare.rs@gmail.com que enviaremos para a prefeitura.

 Não podemos perder tempo! Antes que cortem a nossa centenária Figueira da Paz....
 
 
 




  



  

20 comentários:

  1. Estou triste com a situação da Figueira.
    O Governo,imprensa, vão deixar morrer uma fiqueira de mais de 400 anos. Aqui em Porto Alegre a prefeitura briga por um pé de maricá.
    É triste

    Carlos Ferreia - Porto Alegre

    ResponderExcluir
  2. Não acredito nisto. E os ambientalistas onde estão?

    ResponderExcluir
  3. Em vez de colocar cimento, que é acido e pode comprometer o futuro da árvore, podemos colocar espuma de preenchimento. Fiz isto com um coqueiro e ele vai muito bem obrigado.

    ResponderExcluir
  4. Agora, muita atenção, estas espécies não são eternas e mais 400 anos menos 400 ela acaba morrendo como tudo na natureza. Antes de tomar qualquer medida o bom era consultar um expert em biologia da flora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cimento é um substrato alcalino (inverso de "ácido"). Seu pH é de aproximadamente 13, na qual um pH neutro é de 7 e inferior a isto, a substância é ácida.
      Uma árvore, diferentemente dos animais, JAMAIS morre por "VELHICE" apenas, desde que não haja um fungo (ou ervas-de-passarinho), um corte drástico, tombamento, falta ou excesso de água. Existem árvores com mais de 4000 anos, com sua saúde plena, com prazo de vida indeterminado hoje. No caso da figueira, se vier a perder este grande ramo, ela vai continuar viva e, pela sua saúde, ainda há séculos de vida pela sua frente.
      Acho que uma solução para o problema proposto seria fazer uma estrutura para sustentação do ramo, para que este não venha a cair de uma vez em algum vento forte.

      Excluir
  5. A prefeitura, devia entrar em contato com a imprensa e pedir ujuda.
    Tb é crime ficar de braços cruzados e depois passar a moto serra numa figueira de 400 anos.
    Por ironia chamada de Figueira da Paz.

    Ivan Soares- Novo Hamburgo - RS

    ResponderExcluir
  6. liguei para a prefeitura de Arambaré, me disseram que este assunto é só com o prefeito.
    será que Arambaré não tem secretaria de meio ambiente. Um lugar que vive as custas das belezas naturais.

    Paulo Souza - São Paulo -Capital

    ResponderExcluir
  7. Vou para Arambaré, tirar umas fotos da Figueira, não consigo entender como a prefeitura não botou a boca no mundo. Tem um monte de ongs que poderiam ajudar.

    Keli Gonçalves

    ResponderExcluir
  8. No site da prefeitura não tem nada sobre a Figueira. O prefeito não está sabendo, ou ele acha que a coisa não é séria.
    Pelo amor de deus, é a Maior figueira do estado, a mais antiga, e ainda por cima com o nome de Figueira da Paz.

    Lucas - Caxias do Sul

    ResponderExcluir
  9. Bom daqui apouco se poem um apoio la sei la é um crime mesmo né deixar morrer ou derrubar uma árvore tão antiga e que é também ponto turístico algo que é importante para a cidade né..
    A prefeitura tem que tomar uma providencia correlação a isso..
    Abraço
    Luciano - Porto Alegre

    ResponderExcluir
  10. COMUNICADO

    A Prefeitura Municipal de Arambaré comunica que está ciente do problema junto a Centenária Figueira da Paz, estamos junto aos Órgãos responsáveis tentando encontrar a melhor forma de solucionar o problema.
    Por se tratar de uma árvore de grande porte todas as ações devem ser bem calculadas, pois se haver um erro poderemos comprometer a vida de pessoas que ali chegam para admirar a beleza da Figueira.

    O que é necessário não são críticas e sim soluções dentro da Legislação que possam nos auxiliar a encontrar a melhor forma de sanar esta situação.

    Entendemos a revolta de muitas pessoas, mas a Prefeitura Municipal de Arambaré, em um primeiro momento interditou o local devido ao risco de queda do galho, em um segundo momento entrou em contato com o IBAMA solicitando a PODA PARCIAL (apenas do galho afetado), o mesmo foi negado, sem haver nenhuma posição do Órgão.

    Como não houve nenhuma resposta a Administração Municipal encaminhou todas as informações ao Ministério Público e aguarda uma posição do mesmo.

    Sabemos da importância da Figueira para os moradores e admiradores de Arambaré, ela é a nossa marca, ela mostra a força da natureza, no que depender da Prefeitura Municipal ela permanecerá por centenas de anos, mas infelizmente para tomarmos alguma atitude dependemos de Órgãos e Leis que regem a nossa sociedade.

    ResponderExcluir
  11. e verdade que eziste uma india enorme de baixo da figueira

    ResponderExcluir
  12. me manden o resultado por e-mail:dada200007@hotmail.com
    esse email tem 4 zeros

    ResponderExcluir
  13. Olá DAYENNE, estive olhando o blog de Arambaré e vi o seu comentário a respeito
    da famosa índia, bom o que ocorre é uma ESTÓRIA inventada, não existe nenhum
    registro a respeito desta senhora que supostamente teria vivido ali e por fim
    sepultada aos pés da figueira.

    O que se sabe é que na nossa região antes de ser colonizada existia sim tribos
    indígenas, mas conforme relato de moradores quando aqui chegaram não existia
    mais nenhuma tribo, muito menos índios morando em nossa localidade.

    Espero ter lhe ajudado.

    ResponderExcluir
  14. A arvore é um ser vivo de vida limitada. Os galhos, com seu peso, tendem a sofrer. Aos humanos se dá muletas quando o peso dos membros atrapalha, isso os alivia. Uma boa escora, bem dimensionada, pode aliviar os "músculos" do galho e lhe dar a merecida sobrevida. cnp.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com vc... em muitos locais usam escoras que amenizam o problema das arvores por longos anos... cimento na rachadura não deve ser colocado, pois além de ácido, mantém a umidade o que aumenta o ataque de fungos e apodrecimento...

      Excluir
  15. Gente, cimento NÃO É ACIDO !! É básico, seu pH é em torno de 12 a 13 (Neutro pH=7). Tem muita gente se confundindo, cuidado com estas afirmações errôneas, não matem por acidente a figueira rsrsr

    ResponderExcluir
  16. Pessoal,
    Não importa se o cimento é ácido ou básico, sempre será um corpo estranho dentro da árvore. É necessário estabilizar a rachadura e tentar recompor o tecido rompido, evitando continuidade do problema.

    Deixem a Indiazinha descansar em Paz!

    Daniel - Porto Alegre

    ResponderExcluir